SAE  |  PRG  |  UNICAMP   

IV_Congresso_PAPE-G_SAE.jpgPermanência estudantil no ensino superior: tempos pandêmicos e caminhos possíveis

Programação

Dia 14/12/2021

9h - Atividade Cultural: Projeto "Reconstrução" - Programa Aluno-Artista - 11ª Edição.
 
9h30min Solenidade de abertura
Prof. Dr. Paulo Cesar Montagner - Reitoria
Prof. Dr. Sávio Cavalcante - Assessor da Pró-Reitoria de Graduação
Profª DrªMariana Freitas Nery- Coordenadora do Serviço de Apoio ao Estudante

10h às 12h - Mesa redonda: Saúde mental pós pandemia e a importância do contato social no desenvolvimento humano

Convidados

Prof. Dr. Amilton dos Santos Júnior - Médico Psiquiatra e Professor pelo Departamento de Psiquiatria da FCM (Faculdade de Ciências Médicas) Unicamp.
Profa. Dra. Josianne Francia Cerasoli, Professora e pesquisadora da área de História, preocupada com dimensões públicas e políticas, tem se dedicado a estudar a história urbana e questões do ensino e difusão da história. Atua na Unicamp junto ao Departamento de História e no Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade e, desde 2019, também no Observatório de Direitos Humanos. 
Nicollas Douglas De Souza Pereira - Estudante de Graduação de História da Unicamp, bolsista SAE - bolsista FAPESP, BAM bolsa auxílio moradia e BASIC bolsa auxílio social incentivo complementar.
 
Mediação 

Cibele Papa Palmeira - Coordenadora do Serviço Social do SAE
Elaine Cristina Barbosa - Supervisora do Posto Avançado do SAE em Limeira e Piracicaba.

14h - Atividade Cultural

Apresentação dos projetos: "Monstruocidades: cada monstro na sua casa" e "Alô, quem fala?” - Programa Aluno-Artista - 11ª Edição.

Apresentação dos Vídeos-Pôsteres

Os vídeos-pôsteres referentes aos trabalhos aprovados poderão ser acessados na plataforma durante todo o congresso.

Dia 15/12/2021

10h às 12h Mesa Redonda: O desenvolvimento de carreira durante a universidade: escolhas e possibilidades para um projeto de vida.

Convidados
 
Profa. Dra. Maria Sara de Lima Dias - Pós-Doutora em Psicologia pela Universidad Autónoma de Barcelona, Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina.
Prof. Dr. Marcelo Bispo de Jesus- atualmente docente do Instituto de Biologia/Unicamp, bolsista SAE (1999-2005).
Adrielly Tomazia Costa - Estudante do curso de História da Unicamp, estagiária da empresa ABOBT da Johnson & Johnson, bolsista BAS - SAE (2017-2021).

Mediação

Dra. Adriane Martins Soares Pelissoni- Supervisora Acadêmica SAE
Dra. Marilda Aparecida Dantas Graciola- Orientadora Educacional SAE

14h - Atividade cultural

Apresentação dos projetos: “Vestígios: a procura de um teatro virtual" e “Não vamos para Moscou?” - Programa Aluno-Artista - 11ª Edição.

 

Sinopses dos projetos da 11ª Edição do Programa Aluno Artista

“Reconstrução”

O projeto RECONSTRUÇÃO visa promover a colaboração de diversos estudantes de música da UNICAMP, a fim de prestar homenagem ao disco “Construção” do poeta e compositor Chico Buarque. Cada faixa do disco será executada pelos músicos do projeto, sendo registrada em vídeos para a posteridade. Além disso, ao final do projeto será feita uma live, promovendo um bate-papo entre a equipe do projeto e um possível convidado (a), alguém que tenha participado da produção original do disco.

"Monstruosidades: cada monstro na sua casa”

O habitar tem ganhado cada vez mais contornos e, com tantos monstros lá fora, fomos levadas a pensar sobre os monstros de dentro também; encontramos confluências entre as ideias do eu e da casa, do eu como casa das monstruosidades. “Monstruocidades: cada monstro na sua casa” dá vazão a um universo no qual os monstros existem, sim, e coexistem com a criatura humana. Os curta-metragens tocam mais do que o movimento, a sonoridade ou a animação digital: manifestam a potência da materialização de subjetividades – muitas vezes, monstruosas – através da fantasia.

“Alô, quem fala?”

Entre as ações cotidianas, população e artistas se encontram para uma conversa. A partir de ligações telefônicas, torna-se a fala um ato performático em busca de um diálogo à distância sobre os espaços que habitamos, memórias e afetações do corpo. O projeto “Alô, quem fala?”, propõe a criação de videodanças em um processo colaborativo, investigando modos de interação remota e criação de afetos através da comunicação. “Vestígios: a procura de um teatro virtual”

O Coletivo Janela de Incêndio se propõe a pesquisar como produzir, criar e viabilizar arte dentro do contexto pandêmico, que seja capaz de gerar debates, entretenimento e interação com um público que agora possui novas ferramentas de engajamento com os projetos propostos. O objetivo principal do grupo é o de montar, a partir de dinâmicas coletivas, a peça Os Arqueólogos, escrita por Vinicius Calderoni, a fim de repaginar-lá para o contexto virtual. No entremeio disso, ocorrerão duas lives com artistas e criadores convidados, sendo eles: Cia Adequada, Vinicius Calderoni e Lucienne Guedes, que irão contribuir com temas importantes a serem abordados, como a discussão em relação a obra, a criação em multiplataformas e o lugar do estudante em meio às novas perspectivas de produção artística.

“Não vamos para Moscou?” Quais são os sonhos possíveis frente à pandemia mundial de covid-19? Que horizontes podem ser imaginados dentro de um estado de isolamento social? Como compartilhar perspectivas de futuro através da dança? A partir dessas questões, o projeto `Não vamos para Moscou?` visa a produção e a exibição de uma videodança, a ser desenvolvida em processo de pesquisa, com base na peça `As Três Irmãs` de Anton Tchekhov. A proposta é lançar um olhar contemporâneo para as reflexões de futuro, levantadas por Tchekhov no início do século XX, investigando paralelos possíveis entre as perspectivas sonhadas por personagens da peça e horizontes imaginados pelos artistas integrantes do projeto, vivendo sob isolamento social. O intuito do projeto é descobrir maneiras possíveis de produzir, através do movimento, uma experiência audiovisual de compartilhamento de sonhos, empoderamento e resistência.